Tela Retina é o principal destaque do novo iPad, da Apple

«

»

mar 08

Tela Retina é o principal destaque do novo iPad, da Apple

Com vários melhoramentos e nenhuma surpresa, o novo iPad deve permitir que a Apple continue liderando o mercado de tablets

 

Anunciado pela Apple ontem, o novo iPad traz quatro novidades principais: tela retina de alta definição, câmera de 5 megapixels, suporte a redes 4G LTE e processador A5X, com quatro núcleos gráficos. A única dessas novidades que é exclusiva da Apple é a tela Retina. A Asus já vende um tablet com processador de quatro núcleos e a Huawei anunciou outro na semana passada. A Samsung e a Motorola oferecem tablets com conexão LTE. E a câmera de 5 megapixels também já é um item comum em outros dispositivos.

Tela Retina é o principal destaque do novo iPad, da Apple, iPad, Apple, Lançamentos 
O novo iPad tem aparência quase idêntica à do iPad 2, mas é ligeiramente mais espesso e mais pesado

“Individualmente, nenhum dos novos recursos do iPad cria uma vantagem clara para a Apple em relação aos concorrentes”, diz Jeff Orr, diretor de produtos de consumo da ABI Research num relatório sobre o lançamento da Apple. “A oportunidade, para a empresa, está na maneira como ele integra hardware e software e na experiência do usuário que resulta disso”, completa ele. De fato, as novidades não impressionam. Mas isso não é necessário, já que o mais importante é a experiência total do usuário, incluindo aplicativos e conteúdo multimídia. Somando tudo, a Apple continua claramente à frente dos rivais.

O novo iPad já pode ser encomendado nos Estados Unidos e deve chegar às lojas, naquele país, no dia 16. As O tablet será vendido pelos preços que, até agora, eram os do iPad 2. A versão mais simples, com 16 GB de memória e acesso à internet apenas via Wi-Fi, custa 499 dólares nos Estados Unidos. Há também opções de 32 e 64 GB de memória, além de versões com acesso à internet 4G.

Já o iPad 2 passa a custar 100 dólares a menos, ficando com preço inicial de 399 dólares. A chegada do novo iPad ao Brasil ainda deve demorar algumas semanas (o iPhone 4S demorou cerca de dois meses).

Veja, em detalhes, as novidades do novo tablet. 

Tela Retina de alta definição
A tela Retina é a única novidade que não está presente em nenhum produto concorrente, dando uma vantagem real à Apple. A tela tem resolução de 2.048 x 1.536 pixels. É quatro vezes o número de pixels do iPad 2 e 1 milhão a mais do que possui um televisor full HD. Sua definição está próxima do máximo que o olho humano consegue distinguir (daí o nome Retina). 

Com tela de mesmo tamanho, 9,7 polegadas, o novo iPad tem aparência praticamente idêntica à do iPad 2. Mas o novo tablet é ligeiramente mais espesso e mais pesado. Ele tem 9,4 milímetros de profundidade (contra 8,8 do iPad 2) e, na versão com conexão 4G, pesa 662 gramas (o iPad 2 equivalente pesa 613 gramas). Como seu antecessor, o novo iPad é oferecido com moldura branca ou preta.

Câmera iSight de 5 megapixels
Com menos de 1 megapixel, a câmera do iPad 2 é incapaz de produzir fotos realmente boas em muitas situações. A Apple corrigiu isso instalando, no novo iPad, uma câmera iSight de 5 megapixels. Ela traz uma lente com cinco elementos ópticos que oferece melhor definição de imagens. Além disso, é capaz de filmar em resolução full HD (1080p), enquanto a do iPad 2 trabalha, no máximo, em HD (720p).

Suporte a redes 4G LTE
O novo iPad é o primeiro produto da Apple com suporte a redes celulares 4G LTE. Essas redes oferecem acesso à internet com velocidade que, na teoria, pode chegar a 100 Mbps em dispositivos móveis. O novo iPad pode, inclusive, ser usado como hotspot pessoal para a conexão de outros equipamentos à internet.

Além do LTE, o novo iPad vai suportar mais duas tecnologias de terceira geração — HSPA+ e HSDPA de canal duplo. Ambas oferecem maior velocidade de acesso à internet que o 3G básico. Isso é importante porque as redes 4G ainda não estão disponível em todos os lugares. No Brasil, por exemplo, espera-se que as primeiras só sejam inauguradas às vésperas da Copa de 2014. 

Processador A5X
Para trabalhar com imagens em alta definição, o iPad precisa de um processador poderoso. O novo chip A5X tem dois núcleos principais de processamento e mais quatro núcleos gráficos. A Apple afirma que o A5X tem quatro vezes o poder de processamento gráfico do seu rival Tegra 3, da Nvidia. É algo que deve favorecer o desenvolvimento de jogos mais elaborados para o iPad.

Apesar do processador mais potente, a Apple diz que a autonomia será semelhante à do iPad 2, possibilitando 10 horas de uso sem recarga da bateria.

Sistema iOS 5.1
O novo iPad vai sair da fábrica com a versão 5.1 do sistema operacional iOS. Ela também foi liberada hoje para instalação em outros dispositivos da Apple, em substituição ao iOS 5.0.1.

As principais novidades são suporte ao idioma japonês no assistente Siri, um atalho para a câmera já  na tela de bloqueio uma ferramenta para reconhecimento facial e, segundo a Apple, melhora na autonomia da bateria. Naturalmente, a nova versão também traz suporte à tela Retina do novo iPad.

iWork, Garage Band e iMovie
Os aplicativos da série iWork (Keynote, Numbers e Pages) ganham nova versão, com suporte à tela Retina do novo iPad, além de outros aperfeiçoamentos. O mesmo acontece com o Garage Band e com o iMovie.

Uma novidade do Garage Band é um recurso chamado Jam Session. Com ele, até 4 dispositivos com iOS (iPhone, iPad ou iPod touch) podem tocar juntos, comunicando-se por Wi-Fi ou Bluetooth. Já o iMovie agora grava e edita vídeos em resolução full HD, e passa a contar com um recurso para a produção de trailers de filmes.

iPhoto
A Apple também lançou, ontem, um novo aplicativo para o iPad, o iPhoto, que já existia em versão para o Mac. O editor de imagens explora muito bem a tela sensível ao toque. O fotógrafo pode facilmente clarear ou escurecer áreas específicas da foto, por exemplo. Além disso, o aplicativo tem alguns efeitos interessantes na interface, como os filtros agrupados numa régua basculante. Custa 4,99 dólares, mesmo preço do Garage Band e do iMovie.

FONTE/AUTOR: Exame

Textos Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>