1,78 bilhão de celulares foram vendidos no mundo no ano passado

1,78 bilhão de celulares foram vendidos no mundo no ano passado

Em 2011 foram vendidos 1,78 bilhão de telefones celulares no mundo, dos quais 26,5%, ou 472 milhões, eram smartphones. Esse volume de telefones móveis representa um crescimento de 11,25% frente a 2010, quando foram registradas 1,6 bilhão de unidades vendidas. No quarto trimestre, porém, o ritmo de crescimento foi menor que a média anual: aumento de 5,4% frente ao mesmo período de 2010, o que pode indicar uma tendência à estabilização. Entre outubro e dezembro do ano passado foram comercializados 476,56 milhões de celulares. Os números foram divulgados pelo Gartner.

1,78 bilhão de celulares foram vendidos no mundo no ano passado, Smartphones, celulares, Mercado

A Nokia ainda mantém a liderança, tendo respondido por 23,8% das vendas em 2011, mas viu sua participação cair em comparação com 2010, quando deteve 28,9% do mercado mundial. A Samsung, até então sua principal ofensora, se manteve estável, com 17,7% de share, frente a 17,6% em 2010. O crescimento mais expressivo foi da Apple e de fabricantes chineses. A produtora do iPhone elevou sua participação de 2,9% para 5% no mesmo período, ocupando no ano passado a terceira posição mundial. A ZTE subiu de 1,9% para 3,2% e a Huawei, de 1,5% para 2,3%. Merece destaque também o desempenho da HTC, que aumentou seu share de 1,5% para 2,4%.

A Nokia não foi a única fabricante tradicional a perder espaço no ano passado. A participação da LG caiu de 7,1% para 4,9% e a da Sony Ericsson, de 2,6% para 1,8%. A RIM, por sua vez, baixou de 3,1% para 2,9%. A Motorola manteve-se praticamente estável, com 2,3% do share mundial. Novamente, chama a atenção a grande participação de “outros” fabricantes, que responderam por 33,7% do total. Neste segmento estão incluídas as vendas de marcas desconhecidas, a maioria produzida na Ásia e vendida muitas vezes sem homologação de órgãos reguladores em países em desenvolvimento.

Smartphones
Foram divulgados também os dados de vendas de smartphones por sistema operacional no quarto trimestre. Entre outubro e dezembro de 2011 foram comercializados 149 milhões de smartphones, o que representa um crescimento de 47,2% em comparação com o ano anterior. Nesse segmento, a liderança ficou com o Android, que respondeu por metade (50,9%) das vendas mundiais no quarto trimestre, seguido pelo iOS (23,8%), Symbian (11,7%), RIM (8,8%), Bada (2,1%) e Microsoft (1,9%). Quando comparado com os números do quarto trimestre de 2010, é expressivo o salto do Android e do iOS, que naquele ano tiveram, respectivamente, 30,5% e 15,8%. Esses dois sistemas operacionais roubaram mercado do Symbian e do RIM OS, que em 2010 responderam por 32,3% e 14,6%, respectivamente.

Análise
A queda da Nokia era esperada, mas poderia ter sido pior, não fossem seus lançamentos de modelos dual SIMcard nos mercados indiano e brasileiro no meio do ano passado. A empresa agora tenta se reinventar com o Windows Phone no segmento de smartphones, para brigar com o Android e o iOS, que se consolidaram definitivamente como os líderes.

O fato de a Apple ter alcançado o terceiro lugar mundial mesmo atuando somente no mercado de smartphones e com produtos de alto valor também merece destaque. Números apresentados no balanço da empresa no quarto trimestre já indicavam que o ano havia sido positivo e o estudo da Gartner comprova isso em um cenário mais amplo.

Huawei e ZTE, por sua vez, tomaram participação da Nokia especialmente no segmento de entrada, com terminais dual SIMcard. Agora que a finlandesa reagiu e entrou nesse segmento, os chineses terão que escolher se vão continuar querendo competir apenas em preço ou se investirão mais em qualidade e em campanhas de marketing.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.