Apple Retail Store: uma experiência. »

«

»

nov 10

Apple Retail Store: uma experiência.

Se você um crítico aos produtos Apple ou mesmo um cético, esse post não é para você, acredite. Siga para o próximo e não tome seu tempo.

Já se você gosta dos produtos Apple ou é apenas um curioso ou simpatizante, então vale à pena ler as linhas a seguir.

Até o início desse ano eu nunca havia tido nenhum produto Apple. Minha experiência se resumia a ouvir música em um iPod de um amigo ou mesmo falar em um iPhone emprestado. Num passado mais distante tive contato com os primeiros Macintosh, ainda na década e 80. E só. Eu não entendia a febre ou mesmo o desejo desenfreado pelos lançamentos da empresa.

Enfim, no início de 2011, após uma decepção com o antigo smartphone que eu havia comprado, decidi aproveitar a oferta da minha operadora de telefonia e adquiri um iPhone 4… Foi então que comecei a perceber porque a Apple tinha uma legião de fãs.

Mas nesse post em particular eu quero falar de outra experiência. Recentemente em férias nos EUA entrei pela primeira vez numa Apple Retail Store. Eu já havi ouvido falar do diferencial da loja e resolvi conhecer pessoalmente. Há duas maneiras de olhar. Numa delas você pode descrever o ponto de venda como uma loja bem montada, com bom atendimento, bastante lotada e na qual você realizou a compra sem grandes dificuldades. Mas há outro ponto de vista, e é esse que quero descrever, pois foi o que vivenciei.

Apple, IPAD, ipad2, iPhone, iPod

A loja está repleta de Geniuses (Gênios). Pode até parecer uma pretensão, mas o objetivo desse conceito é que seu atendimento seja feito por alguém que vai resolver todas as suas questões, conhece muito bem os produtos e faz questão de deixar você satisfeito. Eu cheguei à Apple Retail Store com uma pequena lista de encomendas de amigos, um iPod Nano, um iPad 2 e um iPhone 4. Eu também queria aproveitar para conhecer um pouco dos notebooks disponíveis. David, o profissional que me atendeu era bastante simpático, solícito e direto. As perguntas eram respondidas imediatamente. Enquanto eu pedia os produtos ele rapidamente os relacionava em um aparelho (aparentemente um iPod ou assemelhado) que trazia em sua mão. Isso sem deixar de me dar atenção. Enquanto caminhávamos pela loja os produtos que eu havia pedido vinham chegando às suas mãos como mágica, trazidos por outras pessoas. Quando dei oportunidade e questionei, ele me ofereceu um ou outro acessório solicitado, mas não houve qualquer insistência.

No final quis conhecer os notebooks. Ele me explicou as diferenças de cada um deles e me deixou à vontade para testá-los. Ao ser questionado recomendou-me um deles de acordo com o uso que eu havia dito. Respondi que pensaria e voltaria outra hora e não ouvi a tradicional resposta “porque você não aproveita que já está aqui” ou “depois vai se arrepender” ou ainda “tem certeza?”. Não, ao contrário disso ele simplesmente disso OK e perguntou se eu desejava algo mais. Respondi que não e estávamos prontos para o pagamento pois tudo o que eu desejava já estava com ele.

Quando terminei minha compra ele mesmo fez a cobrança, emitiu os recibos e me entregou os produtos. Ao final ele me passou para um Genius a fim de configurar e testar meus produtos, se assim o quisesse.

Foi interessante notar que durante o tempo todo ele esteve comigo. Não se ausentou nem para pegar os produtos solicitados. Para o pagamento não foi necessário pegar fila alguma ou mesmo me dirigir ao caixa. Pedi recibos separados por item e fui atendido prontamente, sem nenhum contragosto. E não houve uma insistência sequer. Sim, saí satisfeito.

Há muito o que aprender com eles!

Espero que o amigo leitor tenha a oportunidade algum dia de conhecer uma loja como essa.

Alexandre Tauszig para o TechBR.

Textos Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>