ROMS customizadas – Versões de sistema Android customizadas

«

»

out 11

ROMS customizadas – Versões de sistema Android customizadas

Custom Roms ou Roms customizadas são assuntos polêmicos e que muitas vezes causam confusão na cabeça das pessoas, primeiramente vou explicar o que são as Custom Roms.

Voltando ao passado as ROMS (Read Only Memory) são memórias de dispositivos onde ficam armazenados instruções ou o firmware/sistema operacional com acesso apenas de leitura. Todo ou a maioria dos equipamento eletrônico, Celular, Tablet, Smartphone, Roteador, Impressoras e etc.… possuem uma ROM com as instruções para o equipamento funcionar.

Quando se liga o equipamento, ele acessa a memória e carrega aquelas instruções, que fazem com que todo dispositivo funcione. Com passar do tempo as pessoas acabaram adotando o nome ROM para esses sistemas/firmwares customizadas.

Voltando para o mundo mobile, mesmo antes do Android os celulares antigos possuíam ROMs customizadas, onde os desenvolvedores independentes acabavam customizando aquela ROM (ou firmware)  com o proposito de se limpar a ROMs de aplicativos inuteis e das operadoras e assim  liberando memória para armazenar, musicas, fotos e outros arquivos, na epoca os celulares tinham em média 5 a 10 mb e as fotos eram da camera VGA.

Atualmente com o avanço dos Smarthphones com sistema operacional Android, muitas ROMs surgiram, exemplo clássico são as ROMS MIUI e CyanogenMOD.

A MIUI devido ao grande sucesso, está para lançar um celular próprio chamado M1 MIphone, já a CyanogenMOD teve o seu criador contratado recentemente pela Samsung, atualmente ambas as ROMs possuem desenvolvedores empenhados a melhorar a velocidade e estabilidade do sistema.

A grande vantagem das Custom ROMS normalmente são:

1º Possuem interface mais limpa, o aparelho se torna mais rapido e com menos aplicativos proprietarios das fabricantes e operadoras de celular.

2º Estão normalmente uma versão a frente do sistema padrão do fabricante e as vezes acabam se tornando a única forma de se atualizar o Android do celular.

Alguns modelos de aparelhos por exemplo Milestone 1 da Motorola quando foi lançado usava o Android 2.0 ou anterior, não me recordo e a Motorola lançou a atualização para o Android 2.1 e posteriormente após uma capanha/protesto pela internet do seus clientes lançou o Android 2.2, mas por N motivos o Milestone 1 acabou parando no Android 2.2 a única forma dos seus usuários continuarem a atualizar o Android para ter acesso a novos aplicativos, atualizações de segurança do Android, foi através das Custom ROMs onde a versão do Android atualmente é a 2.3.5

A experiência de uso do celular apos utilizar uma dessas ROMs pode surpreender, o celular acaba ficando mais rápido, fluindo melhor e os aplicativos rodam mais rapido, normalmente após o usuário testar dificilmente ele irá retornar para a ROM original do fabricante, mas se desejar isso normalmente é possível reinstalando a ROM original.

Esse assunto é delicado, pois a alteração da ROM pode acabar alterando as configurações do hardware do aparelho e consequentemente forçando ou não o hardware do aparelho e para o fabricante isso faz com que a garantia do aparelho seja perdida.

Acredito que eu tenha esclarecido um pouco esse assunto, apesar de complexo vale a pena pesquisar, pois se seu equipamento está fora da garantia e a sua experiência de uso está  te decepcionando as ROMs customizadas podem mudar a sua opinião.

Existem 2 sites com muito conteudo a respeito de ROMS e smarthphone, o XDA em ingles  e o GrupoAndroid em espanhol.

Obrigado e boa sorte!

Renato Henrique para TechBr

Textos Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>