Chefe da Microsoft diz que Modelos Windows Phone Dual-Core com LTE estão chegando »

«

»

out 10

Chefe da Microsoft diz que Modelos Windows Phone Dual-Core com LTE estão chegando

As vendas da primeira safra de telefones Windows pode ter sido menor do que o CEO Steve Ballmer estava esperando, mas o chefe Andy Lees da unidade de Windows Phone disse que a empresa atingiu o seu objetivo mais importante – tornar-se crível novamente no mercado de telefonia.

Windows-Phone-Mango-devices-380x283

Enquanto Lees não fornece todos os numeros de seu objetivo para o próximo ano, ele diz que a companhia espera emergir com uma sólida plataforma e uma alternativa viável para a Apple e Android. A Microsoft lançou recentemente a primeira grande atualização para o Windows Phone 7 – o Mango.

"Nós não estamos fazendo previsões específicas, mas acho que o nosso impulso é construir", disse Lees. "Nosso primeiro (release) foi sobre mindshare, e realmente obter credibilidade, e acho que (Mango) é realmente a partida para construir unidade e obter uma fatia do mercado."

Antes do anúncio do iPhone 4S na semana passada, Lees disse que ele estava se sentindo muito bem sobre o posicionamento da empresa contra seus concorrentes.

Quanto ao porquê de nenhum dos modelos Windows Phone ter processadores dual-core ou suporte para redes 4G LTE, mais rápidas, Lees disse que ambos estão chegando. Quanto ao dual-core, ele disse que a safra atual de telefones Windows deve manter-se bem mesmo contra modelos Android com a mesma tecnologia.

"Eles são todos single-core, mas eu suspeito que mesmo assim serão mais rápidos no uso do que qualquer telefone dual-core que você compare, e esse é o ponto", disse Lees em uma entrevista na semana passada. Mas, insistiu, a Microsoft não se opõe a chips dual-core, mas queria esperar até que o software esteja mais preparado para tirar proveito de múltiplos núcleos.

Quando se trata de 4G LTE, Lees disse que a Microsoft e seus parceiros queriam esperar até que as redes mais rápidas possam se firmar.

"Os primeiros celulares LTE eram grandes e grandes consumidores da bateria, e eu acho que é possível fazê-lo de uma forma muito mais eficiente, e é isso que vamos fazer", disse Lees. Modelos LTE estão a caminho, disse ele, mas se recusou a dizer se os primeiros modelos chegariam este ano ou no próximo.

Lees rejeitou a idéia de que a falta de ambos os recursos devem ser tomados como um sinal de que a Microsoft não vai estar na vanguarda.

"Então, eu acho que a nossa estratégia é colocar as coisas no lugar que nos permitam avançar, e eu acho que é assim que passamos de pior navegador para o melhor navegador, e acho que o mesmo acontece com hardware", Lees, disse.

Um dos outros importantes desenvolvimentos recentes foi tratar de patentes da Microsoft com a Samsung – um negócio que Lees disse que também inclui o compromisso de oferecer o suporte ao Windows Phone, sinais de que, Lees disse, se tornará evidente no próximo ano.

"Eu acho que o acordo que temos com a Nokia, é obviamente e particularmente especial, eles são exclusivos para nós, e temos uma parceria muito, muito profunda, e eu acho que a parceria com a Samsung não é tão profunda como a uma dependência da Nokia, mas é certamente nesse sentido ", disse Lees. A Nokia deve lançar seus primeiros aparelhos de telefone com Windows antes do final do ano, com uma oferta constante de novos telefones que deve sair no decorrer de 2012.

A Microsoft já está trabalhando arduamente na próxima versão do Windows Phone como bem disse Lees. A empresa pode ou não fazer uma pequena atualização antes do lançamento, disse ele.

Lees terá mais a dizer no final deste mês, quando aparecerá no palco da AsiaD em Hong Kong. Entre os que deverão também aparecer são Andy Rubin do Google, bem como executivos da HTC, Samsung e Huawei.

FONTE/AUTOR: AllThingsD

Textos Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>