Disputa por uso do nome atrasa chegada do iPad no Brasil

Disputa por uso do nome atrasa chegada do iPad no Brasil

A chegada do iPad, o "tablet" (computador portátil) da Apple, corre risco de atraso no Brasil devido a uma disputa pelo uso da marca.

Desde janeiro, o nome "iPad" está registrado pelo Inpi (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) para a empresa Transform Tecnologia de Ponta, que também atua com tecnologia.

Em março, a IP Application Development, companhia que estaria registrando a marca pela Apple em diversos países, protocolou o pedido de uso da marca iPad no Inpi. A Folha procurou os advogados da empresa, mas não obteve retorno.

Wilson Ferracini, advogado da Transform, informou que estuda entrar com pedido de cancelamento da solicitação da IP. O prazo vence no final de maio e, caso seja derrotada, a IP terá de negociar a compra da marca com a Transform para usá-la no Brasil. "A lei assegura que a marca permanece com quem obteve primeiro", diz.

Outros países têm disputas similares. No Japão, o nome "iPad" é da Fujitsu, que batizou de iPad um computador portátil. Na Europa, o direito de uso do nome é da STMicroelectronics.

Fonte: Folha

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.