Brasileiros já compram 5 tablets por minuto

Brasileiros já compram 5 tablets por minuto

Os brasileiros compraram 606 mil tablets no segundo trimestre ao ritmo de cinco por minuto e até o fim do ano serão 2,6 milhões, estima a IDC

 

Um estudo divulgado nesta segunda-feira pela IDC mostra que, como acontece em outros países, o mercado de tablets cresce explosivamente no Brasil. A estimativa é que os brasileiros compraram 606 mil tablets no segundo trimestre. O número é 275% maior que o do mesmo período de 2011. E os modelos que vêm puxando o crescimento são os mais simples, com preço abaixo de mil reais.

Brasileiros já compram 5 tablets por minuto, Tablets, Mercado
Tablets com preço inferior a mil reais, como este Breeze 2, da AOC, puxam o crescimento do mercado

Considerando o ano inteiro, serão vendidos 2,6 milhões de tablets no país. Em 2013, serão 5,4 milhões, mais que o dobro. O estudo aponta que, a cada minuto, são vendidos  5 tablets, 11 PCs de mesa e 17 notebooks no país. Vendem-se quatro notebooks para cada tablet no Brasil, enquanto nos Estados Unidos a proporção é de um  para um.

“Em países onde o mercado de computadores é mais maduro, há maior adoção de tablets”, diz Attila Belavary, analista de mercado da IDC Brasil, no comunicado distribuído pela empresa à imprensa. Segundo a IDC, comparado a outros países, o Brasil saltou da 17ª posição em número de tablets vendidos para a 11ª em um ano. Comparado com outros países do BRIC, porém, o Brasil perde para a China e a Rússia, ficando à frente apenas da Índia. Para Belavary, o país estará entre os dez primeiros até o final do ano.

A IDC constatou que, embora os tablets mais festejados – como o iPad e os diversos modelos da série Galaxy Tab – tenham sua importância, não são eles que puxam o crescimento das vendas. Esse papel cabe aos tablets mais simples, com tela menor e preço inferior a mil reais.

“O sucesso da categoria atraiu novos fabricantes, principalmente originados da China, com modelos de especificação técnica limitada”, diz Belavary. Dos tablets vendidos no país, metade tem tela de 7 polegadas, o tamanho mais comum. E só 20% têm conexão 3G para acesso à internet.

FONTE/AUTOR: Exame.com

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.