Lojas brasileiras fazem liquidação Black Friday nesta 6ª

Lojas brasileiras fazem liquidação Black Friday nesta 6ª

Apple, Dell, HP, as principais lojas online e até TAM e Chevrolet terão ofertas especiais nesta sexta-feira

 

Pelo terceiro ano consecutivo, o comércio eletrônico brasileiro entra na onda da Black Friday, a grande liquidação anual que acontece depois do Dia de Ação de Graças. Tradicional nos Estados Unidos, a sexta-feira de ofertas vem ganhando força no Brasil. O grupo Buscapé prevê que, nesta sexta, as vendas serão 500% maiores que no ano passado.

Lojas brasileiras fazem liquidação Black Friday nesta 6ª, tecnologia
Na loja online da Apple, que vem divulgando sua Black Friday de forma independente, as ofertas valem de 6h de sexta feira a 6h de sábado

Cerca de 40 lojas participam da promoção coordenada pelo site Busca Descontos, do grupo Buscapé. Entre elas, estão fabricantes de eletrônicos como Dell e HP; e varejistas como Submarino, Walmart, Magazine Luíza, Centauro, Fnac e Saraiva. Neste ano, também participam empresas como a Chevrolet e a TAM, que está sorteando duas passagens no site.

Há também empresas que fazem suas ofertas da Black Friday de forma independente. É o caso da Apple, que enviou mensagens aos brasileiros cadastrados em sualoja online divulgando seu “dia especial de compras”. A promoção da turma da maçã começa às 6h de sexta-feira e termina às 6h de sábado.

Uma estimativa da empresa e-bit aponta que, no ano passado, as lojas brasileiras venderam 100 milhões de reais em produtos na Black Friday. O valor médio gasto por consumidor foi 425 reais. Segundo o e-bit, esse dia teve o maior número de pedidos já registrados na história do comércio eletrônico brasileiro: 237 mil. 

“O Brasil está prestes a se igualar à tradição norte-americana. Afinal, a cada edição, há um número maior de adeptos tanto por parte das empresas como dos consumidores”, diz Guga Stocco, vice-presidente de desenvolvimento de negócios do grupo Buscapé, num comunicado distribuído à imprensa pela empresa.

Segundo o Buscapé, em 2011, os produtos de informática tiveram maior volume de vendas, representando 12% nos pedidos. Em seguida, vieram eletrodomésticos (12%), eletrônicos (10%), moda (9%) e saúde, beleza e medicamentos (8%). Um terço dos pedidos foram pagos à vista e dois terços tiveram pagamento parcelado.

Nos Estados Unidos, a Black Friday é o dia mais movimentado do ano para o comércio. Lá, muitas lojas começam a vender produtos em oferta já na noite de quinta-feira e prosseguem durante o fim de semana. Nos últimos anos, o comércio online passou a divulgar ofertas também na segunda-feira, que ganhou o apelido de Cyber Monday.

A tradição parece ter começado na metade do século XX em algumas cidades americanas. As lojas ficavam fechadas durante o Dia de Ação de Graças e reabriam com ofertas na manhã seguinte. Aos poucos, a Black Friday foi se espalhando pelo país e, mais recentemente, pelo mundo. 

A data também é explorada por criminosos, que procuram atrair consumidores menos cuidadosos com ofertas irresistíveis na web. Por isso, ao comprar, é importante conferir o endereço do site para ter certeza de que se trata de uma loja legítima, e não de uma página falsa criada por crackers.

FONTE/AUTOR: Exame.com

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.